Página 3 de 64

Esquece o que ficou para trás. Começa hoje em Bauru a temporada 2017/18 para Osasco.

Toda a primeira fase do estadual, alguns amistosos e torneios são passado. Nada disso conta.

Sério mesmo é a partir de agora.

Hoje o exigente torcedor de Osasco pode começar a cobrar. Pode e deve.

A semifinal contra Bauru é pra valer. O primeiro jogo acontecerá no complicado Panela de Pressão.

Osasco, como sempre acontece, jogará pressionado e como favorito.

Não só na semifinal.

A responsabilidade daqui em diante é toda do atual pentacampeão.

Osasco, arriscaria dizer, estará quase completo.

Algo me diz, apenas palpite, que essa ainda não será a cara do time para a Superliga. Mero palpite de quem está alguns anos na estrada.

Só que com o que tem atualmente, dá e sobra para vencer o paulista. Com um pé nas costas.

Na quinta-feira, 28, a primeira-dama de Osasco e presidente do Fundo Social de Solidariedade (FSS), Aline Lins, acompanhada de Isabel Garcia Peres, técnica do governo do estado, fez uma visita técnica ao prédio onde funcionarão a Padaria Artesanal e a Escola de Beleza, em parceria com o Fundo Social de Solidariedade do Estado de São Paulo (FUSSESP).

Os dois equipamentos públicos e de cunho social serão instalados no prédio onde funcionava o antigo Espaço Criar, ao lado do Restaurante Servidor, na Avenida Deputado Emílio Carlos, 113, bem próximo também do Paço Municipal. Trata-se de um espaço amplo com várias salas, suficientes para acomodar todos os equipamentos do polo da Padaria Artesanal e da Escola de Beleza.

As aulas ter ter início em janeiro de 2018. E em março, a primeira-dama do Estado, Lu Alckmin fará uma visita ao local. Segundo Aline Lins, tudo está sob controle e as adequações e reformas do prédio serão concluídas até dezembro. “Trata-se de uma parceria muito importante com o governo do Estado e estamos dando toda a atenção necessária para as obras de reforma das novas instalações. A localização na região central da cidade é também muito importante, pois isso beneficiará tanto os munícipes da zona Sul, como da zona Norte de Osasco”, disse Aline Lins.

Silmara do Carmo, gerente do FSS de Osasco, Aline Lins e Isabel Garcia Peres / Foto: Ana Paula Andrade

Com professores capacitados pelo Fundo Social do Estado, os futuros alunos serão qualificados a produzir dez tipos de pães, na Padaria Artesanal, como também serão formados como maquiadores e assistentes de cabeleireiro pela Escola de Beleza. Conforme informou Isabel Peres, responsável pela região da Grande São Paulo, o convênio tem duração de um ano e, após esse período, todos os equipamentos serão repassados ao Fundo Social de Solidariedade do Município.

“Gostamos muito deste espaço escolhido pela Prefeitura de Osasco. Esta é a segunda vez que estamos aqui e ainda existem algumas correções para serem solucionadas. A dona Lu Alckmin tem muito carinho por esses equipamentos que visam melhorar a condição de vida das pessoas e, com certeza, ela também vai gostar muito dessas instalações em Osasco”, disse Isabel Peres.

Na quinta-feira, 28, a primeira-dama de Osasco e presidente do Fundo Social de Solidariedade (FSS), Aline Lins, acompanhada de Isabel Garcia Peres, técnica do governo do estado, fez uma visita técnica ao prédio onde funcionarão a Padaria Artesanal e a Escola de Beleza, em parceria com o Fundo Social de Solidariedade do Estado de São Paulo (FUSSESP).

Os dois equipamentos públicos e de cunho social serão instalados no prédio onde funcionava o antigo Espaço Criar, ao lado do Restaurante Servidor, na Avenida Deputado Emílio Carlos, 113, bem próximo também do Paço Municipal. Trata-se de um espaço amplo com várias salas, suficientes para acomodar todos os equipamentos do polo da Padaria Artesanal e da Escola de Beleza.

As aulas ter ter início em janeiro de 2018. E em março, a primeira-dama do Estado, Lu Alckmin fará uma visita ao local. Segundo Aline Lins, tudo está sob controle e as adequações e reformas do prédio serão concluídas até dezembro. “Trata-se de uma parceria muito importante com o governo do Estado e estamos dando toda a atenção necessária para as obras de reforma das novas instalações. A localização na região central da cidade é também muito importante, pois isso beneficiará tanto os munícipes da zona Sul, como da zona Norte de Osasco”, disse Aline Lins.

Silmara do Carmo, gerente do FSS de Osasco, Aline Lins e Isabel Garcia Peres / Foto: Ana Paula Andrade

Com professores capacitados pelo Fundo Social do Estado, os futuros alunos serão qualificados a produzir dez tipos de pães, na Padaria Artesanal, como também serão formados como maquiadores e assistentes de cabeleireiro pela Escola de Beleza. Conforme informou Isabel Peres, responsável pela região da Grande São Paulo, o convênio tem duração de um ano e, após esse período, todos os equipamentos serão repassados ao Fundo Social de Solidariedade do Município.

“Gostamos muito deste espaço escolhido pela Prefeitura de Osasco. Esta é a segunda vez que estamos aqui e ainda existem algumas correções para serem solucionadas. A dona Lu Alckmin tem muito carinho por esses equipamentos que visam melhorar a condição de vida das pessoas e, com certeza, ela também vai gostar muito dessas instalações em Osasco”, disse Isabel Peres.

Na quinta-feira, 28, a primeira-dama de Osasco e presidente do Fundo Social de Solidariedade (FSS), Aline Lins, acompanhada de Isabel Garcia Peres, técnica do governo do estado, fez uma visita técnica ao prédio onde funcionarão a Padaria Artesanal e a Escola de Beleza, em parceria com o Fundo Social de Solidariedade do Estado de São Paulo (FUSSESP).

Os dois equipamentos públicos e de cunho social serão instalados no prédio onde funcionava o antigo Espaço Criar, ao lado do Restaurante Servidor, na Avenida Deputado Emílio Carlos, 113, bem próximo também do Paço Municipal. Trata-se de um espaço amplo com várias salas, suficientes para acomodar todos os equipamentos do polo da Padaria Artesanal e da Escola de Beleza.

As aulas ter ter início em janeiro de 2018. E em março, a primeira-dama do Estado, Lu Alckmin fará uma visita ao local. Segundo Aline Lins, tudo está sob controle e as adequações e reformas do prédio serão concluídas até dezembro. “Trata-se de uma parceria muito importante com o governo do Estado e estamos dando toda a atenção necessária para as obras de reforma das novas instalações. A localização na região central da cidade é também muito importante, pois isso beneficiará tanto os munícipes da zona Sul, como da zona Norte de Osasco”, disse Aline Lins.

Silmara do Carmo, gerente do FSS de Osasco, Aline Lins e Isabel Garcia Peres / Foto: Ana Paula Andrade

Com professores capacitados pelo Fundo Social do Estado, os futuros alunos serão qualificados a produzir dez tipos de pães, na Padaria Artesanal, como também serão formados como maquiadores e assistentes de cabeleireiro pela Escola de Beleza. Conforme informou Isabel Peres, responsável pela região da Grande São Paulo, o convênio tem duração de um ano e, após esse período, todos os equipamentos serão repassados ao Fundo Social de Solidariedade do Município.

“Gostamos muito deste espaço escolhido pela Prefeitura de Osasco. Esta é a segunda vez que estamos aqui e ainda existem algumas correções para serem solucionadas. A dona Lu Alckmin tem muito carinho por esses equipamentos que visam melhorar a condição de vida das pessoas e, com certeza, ela também vai gostar muito dessas instalações em Osasco”, disse Isabel Peres.

Na quinta-feira, 28, a primeira-dama de Osasco e presidente do Fundo Social de Solidariedade (FSS), Aline Lins, acompanhada de Isabel Garcia Peres, técnica do governo do estado, fez uma visita técnica ao prédio onde funcionarão a Padaria Artesanal e a Escola de Beleza, em parceria com o Fundo Social de Solidariedade do Estado de São Paulo (FUSSESP).

Os dois equipamentos públicos e de cunho social serão instalados no prédio onde funcionava o antigo Espaço Criar, ao lado do Restaurante Servidor, na Avenida Deputado Emílio Carlos, 113, bem próximo também do Paço Municipal. Trata-se de um espaço amplo com várias salas, suficientes para acomodar todos os equipamentos do polo da Padaria Artesanal e da Escola de Beleza.

As aulas ter ter início em janeiro de 2018. E em março, a primeira-dama do Estado, Lu Alckmin fará uma visita ao local. Segundo Aline Lins, tudo está sob controle e as adequações e reformas do prédio serão concluídas até dezembro. “Trata-se de uma parceria muito importante com o governo do Estado e estamos dando toda a atenção necessária para as obras de reforma das novas instalações. A localização na região central da cidade é também muito importante, pois isso beneficiará tanto os munícipes da zona Sul, como da zona Norte de Osasco”, disse Aline Lins.

Silmara do Carmo, gerente do FSS de Osasco, Aline Lins e Isabel Garcia Peres / Foto: Ana Paula Andrade

Com professores capacitados pelo Fundo Social do Estado, os futuros alunos serão qualificados a produzir dez tipos de pães, na Padaria Artesanal, como também serão formados como maquiadores e assistentes de cabeleireiro pela Escola de Beleza. Conforme informou Isabel Peres, responsável pela região da Grande São Paulo, o convênio tem duração de um ano e, após esse período, todos os equipamentos serão repassados ao Fundo Social de Solidariedade do Município.

“Gostamos muito deste espaço escolhido pela Prefeitura de Osasco. Esta é a segunda vez que estamos aqui e ainda existem algumas correções para serem solucionadas. A dona Lu Alckmin tem muito carinho por esses equipamentos que visam melhorar a condição de vida das pessoas e, com certeza, ela também vai gostar muito dessas instalações em Osasco”, disse Isabel Peres.

Na quinta-feira, 28, a primeira-dama de Osasco e presidente do Fundo Social de Solidariedade (FSS), Aline Lins, acompanhada de Isabel Garcia Peres, técnica do governo do estado, fez uma visita técnica ao prédio onde funcionarão a Padaria Artesanal e a Escola de Beleza, em parceria com o Fundo Social de Solidariedade do Estado de São Paulo (FUSSESP).

Os dois equipamentos públicos e de cunho social serão instalados no prédio onde funcionava o antigo Espaço Criar, ao lado do Restaurante Servidor, na Avenida Deputado Emílio Carlos, 113, bem próximo também do Paço Municipal. Trata-se de um espaço amplo com várias salas, suficientes para acomodar todos os equipamentos do polo da Padaria Artesanal e da Escola de Beleza.

As aulas ter ter início em janeiro de 2018. E em março, a primeira-dama do Estado, Lu Alckmin fará uma visita ao local. Segundo Aline Lins, tudo está sob controle e as adequações e reformas do prédio serão concluídas até dezembro. “Trata-se de uma parceria muito importante com o governo do Estado e estamos dando toda a atenção necessária para as obras de reforma das novas instalações. A localização na região central da cidade é também muito importante, pois isso beneficiará tanto os munícipes da zona Sul, como da zona Norte de Osasco”, disse Aline Lins.

Silmara do Carmo, gerente do FSS de Osasco, Aline Lins e Isabel Garcia Peres / Foto: Ana Paula Andrade

Com professores capacitados pelo Fundo Social do Estado, os futuros alunos serão qualificados a produzir dez tipos de pães, na Padaria Artesanal, como também serão formados como maquiadores e assistentes de cabeleireiro pela Escola de Beleza. Conforme informou Isabel Peres, responsável pela região da Grande São Paulo, o convênio tem duração de um ano e, após esse período, todos os equipamentos serão repassados ao Fundo Social de Solidariedade do Município.

“Gostamos muito deste espaço escolhido pela Prefeitura de Osasco. Esta é a segunda vez que estamos aqui e ainda existem algumas correções para serem solucionadas. A dona Lu Alckmin tem muito carinho por esses equipamentos que visam melhorar a condição de vida das pessoas e, com certeza, ela também vai gostar muito dessas instalações em Osasco”, disse Isabel Peres.

Página 3 de 64